Archive for the ‘Diversos’ Category

2013 in review

Posted: January 1, 2014 in Diversos

The WordPress.com stats helper monkeys prepared a 2013 annual report for this blog.

Here’s an excerpt:

The concert hall at the Sydney Opera House holds 2,700 people. This blog was viewed about 46,000 times in 2013. If it were a concert at Sydney Opera House, it would take about 17 sold-out performances for that many people to see it.

Click here to see the complete report.

Advertisements

Buildall no twitter

Posted: January 18, 2010 in Diversos

É isso aí pessoal, conforme prometido, o Buildall está no twitter em @andersonfonseca. Lá vocês encontrarão novidades que não necessitam de um artigo completo e também ficam por dentro dos artigos a serem postados aqui no blog.

Divirtam-se e até a próxima!!!


Aqui vai o meu primeiro artigo do ano de 2010.

Tenho visto muitas dúvidas rolando em emails e internet a respeito de qual licença de software utilizar, Comercial ou LGPL. Espero que, com esse artigo possa esclarecer um pouco.

Licença Comercial

É uma licença proprietária. É a licença que vem quando se compra um determinado software.

Fatos

– Permite que os licenciados, mantenham todo o código privado, e também incluir suporte e atualizações por um certo período.

– Permite ao desenvolvedor modificar a licença, como parte do processo de negociação comercial ou adequá-lo para cenários de uso particular do cliente.

– As formas de licenciamento de softwares variam de desenvolvedor para desenvolvedor.

LGPL

A LGPL é um contrato de licença (e direitos autorais) pela Free Software Foundation. A LGPL é uma “copyleft” licença de software open source, mas é menos restritiva que a GPL.

Fatos

– A versão 2,1 licença LGPL foi criada pela Free Software Foundation e é protegido por eles. Isto significa que os termos não podem ser alterados ou negociados por nós.

– Os usuários podem desenvolver aplicações proprietárias que dinamicamente fazem link para as bibliotecas das ferramentas de desenvolvimento open source, sem ter que liberar o código fonte do aplicativo.

– Todas as modificações que são considerados “works based on the Library” deve ser licenciado sob a LGPL v. 2.1 e precisam ser compartilhados com os beneficiários a jusante em formato de código fonte (ou seja, contribuiu para trás).

– Se você estiver enviando um arquivo executável, você deve incluir quaisquer dados e programas utilitários necessários para a reprodução (ou seja, executável deve fornecer componentes necessários para recompilar com uma nova versão da biblioteca), salvo se tais dados e programas utilitários são normalmente distribuídos com os principais componentes do sistema operacional que será executado.

– Direitos autorais e avisos devem ser mantidos.

Como a LGPL é um documento jurídico complexo, sugiro que você tenha uma assessoria jurídica de revisão da licença antes do início do trabalho de desenvolvimento para garantir que a LGPL seja apropriado para seu projeto de desenvolvimento. Por favor, note que uma vez que você começa com a LGPL, então você não pode converter para uma licença comercial devido a uma restrição em acordo de licenciamento comercial.

Quadro de referência: